Questões

Texto.Em um trabalho envolvendo agentes e peritos da polícia 50393

Texto.Em um trabalho envolvendo agentes e peritos da polícia federal, foi descoberto um sistema de telecomunicações clandestino com as seguintes características.O sistema operava serviços relacionados à telefonia de curta e longa distâncias.O acesso à rede pública era feito a partir de um escritório central dimensionado para atender o tráfego gerado pelos clientes.O tráfego gerado por um cliente era encaminhado por espaço livre a uma torre dentro de sua área de cobertura, que servia de estação rádio-base e enviava esse tráfego ao escritório central por meio de um enlace direto ponto-aponto. Foram encontradas dez torres instaladas, correspondentes a dez áreas de cobertura que passaram a ser denominadas células.Os clientes do sistema compartilhavam a banda disponível em um esquema FDMA/TDMA que apresentava algumas semelhanças com o sistema IS-136.A torre de cada célula operava uma banda capaz de suportar dois canais de tráfego de 2,5 MHz de banda passante, acessados pelos clientes emTDMA com modulação do tipo QPSK. Um desses canais era utilizado para o tráfego no sentido do escritório central para o cliente - downlink - e o outro canal era utilizado no sentido contrário, do cliente para o escritório central - uplink. A freqüência de transmissão dos canais de tráfego era a mesma para todas as estações rádio-base em um esquema de reuso de freqüências, iguais a 2,56 GHz para o uplink e a 2,83 GHz para o downlink.O frame de cada canal de 2,5 MHz comportava 4 time-slots e cada cliente podia acessar o sistema por apenas um desses time-slots. O sistema não tinha capacidade de reusar um time-slot por detecção de uso do canal.As antenas de transmissão e de recepção utilizadas em cada uma das torres instaladas eram iguais e do tipo omnidirecional.Para a análise desse sistema clandestino, os peritos utilizaram, entre outras informações, a tabela de Erlang-B abaixo.Julgue o item abaixo, acerca do sistema descrito no texto.Sabendo que os agentes e os peritos descobriram que havia estações rádio-base com transmissores de 40 W e outras estações com sistemas de transmissão de 100 W, então, nas condições apresentadas e supondo que as degradações na qualidade do sinal eram dadas principalmente pelo ruído térmico, que independia dos níveis de potência do sinal, pode-se concluir que, para células de mesmo raio de cobertura, a bit error rate (BER) oferecida aos clientes nas bordas das células das estações rádio-base de 100 W era menor que aquela oferecida aos clientes das estações que transmitiam com 40 W de potência, supondo as mesmas condições de propagação, de transmissão e de recepção.

Questões similares